Portugal precisa de visto? Conheça os principais tipos de visto

Afinal, será que para morar em Portugal precisa de visto? Confira as informações do Portugal de Perto e descubra se você precisa providenciar visto para garantir a legalidade da sua estadia no país.

Portugal precisa de visto sim! Conheça os principais tipos

Em viagens internacionais, muitas vezes o visto é indispensável. No caso de Portugal e alguns outros países da Europa, o Visto se faz necessário em apenas algumas ocasiões, em geral, tudo depende do tempo em que o estrangeiro irá permanecer no país e da finalidade da viagem.

Importante esclarecer que o Visto é uma maneira de controlar a entrada e a saída de estrangeiros no país, funciona como uma liberação formalizada para a permanência legal no país de destino. Independente da finalidade da viagem, ele só concedido mediante comprovação de informações necessárias e após a entrevista com o Consul.

Portugal precisa de visto: veja os tipos

Visto Trabalho

Para quem deseja residir em Portugal por um longo período, conquistar um cargo em alguma empresa do país é uma ótima alternativa.

Brasileiros podem concorrer as vagas de trabalho ofertadas em Portugal, desde que essa vaga tenha sido divulgada aos portugueses por no mínimo trinta dias. A partir dessas condições, muitas empresas realizam o processo de seleção com brasileiros pela internet. O contratado recebe toda documentação necessária para que o consiga o Visto de trabalho.

Visto de estudante

Destinado aos brasileiros que pretendem realizar estágio, estudo ou intercâmbio no país.

Para conquistar o Visto é preciso providenciar documentação que comprove a matrícula na escola ou universidade portuguesa, com informações como tempo de curso e valores. Além disso, o estudante também deve provar que possui renda suficiente para se manter durante todo o período em que permanecer em Portugal.

Visto para empreendedores e empresários

Esse tipo de Visto é concedido para brasileiros que desejam abrir uma empresa em Portugal, ele pode ser solicitado no país de destino. Esse tipo de visto também é uma opção para quem já tem uma empresa no Brasil e deseja ampliar seu negócio em Portugal.

No entanto, vale lembrar que o governo português faz uma série de exigências para autorizar que brasileiros invistam em Portugal. Contam com mais chances de serem aprovadas empresas que ofertam serviços ou produtos inovadores e que empregam pessoas qualificadas.

Visto de rendas próprias

Já se aposentou ou possui bens que lhe rendem mais que 1 salário mínimo português por mês? Então, você pode solicitar o Visto de rendas próprias. A comprovação de dados consiste na análise dos seus rendimentos mensais, que devem ser superiores a 580 euros por mês (2018).

Posso entrar em Portugal sem visto?

Brasileiros não precisam de Visto para entrar em Portugal ou em qualquer outro país da União Europeia quando a duração da viagem é inferior a 90 dias. Vale lembrar que esse prazo pode ser prorrogado por mais 90 dias.

Essa condição é válida nos seguintes casos:

  • Turismo
  • Negócios
  • Missão cultural
  • Cobertura jornalística

O passaporte brasileiro se faz necessário em todos os casos. O documento deve ter validade igual ou superior a seis meses, para que não haja risco de expirar enquanto o estrangeiro estiver fora do seu país de origem.

Para viver em Portugal precisa de visto. Somente com esse documento o imigrante consegue morar legalmente no país e não correr o risco de ser pego pela imigração. Dúvidas? Comente!

Comente